quarta-feira, 14 de junho de 2017



Teenage Dream!!!

A melhor e a pior parte de mudar é exatamente isso: mudar. Não é só de casa, de cidade, de hábitos.


É perceber que já não se identifica quando olha para o seu reflexo no espelho. Por bem ou por mal.


Acordar na cidade que adormece tarde; a cidade onde o silêncio casa com a tranquilidade só depois das 3 da manhã.


Levanta, olha para o mesmo espelho e percebe que nada mudou ao mesmo tempo que tudo não está mais tão igual quanto era antes.


Caminha pelas mesmas avenidas, mas vê as ruas com os olhos de um turista. Um turista na sua própria cidade e também dentro de si.


Passa pela catraca. Pega os livros. Não bebe café há uns dez anos, mas adora o cheiro e o vapor que sai das xícaras repousadas nas classes ao lado.


Ouve os discursos. Suspirar é inevitável, quase como respirar. A cadeira dura combina com o relógio no pulso. Os ponteiros avançam, mas a hora que não passa. Tempo e dinheiro.


Dinheiro e tempo. Quanto pessimismo! Precisamos mesmo debater Freud? Estamos aqui, eu e você. O que custa fazermos disso algo mais agradável?


Tic tac, tic tac. O dia não passa. Enquanto isso, a vida voa.


Volta para casa. Olha o reflexo e sente que já não é mais um peixe fora d’água. Sim, saiu do aquário. Foi para outro maior. Ainda não alcançou o oceano, mas por enquanto o tamanho do novo habitat está bom.


Paulinho Almeida.

#TempodeVersos.
14.06.2.017.

quarta-feira, 7 de junho de 2017



A difícil Arte de Ser Gente Grande!!!


Sei que muitos já viram/leram posts como esse, sobre como é crescer e tudo mais. Pela primeira vez eu vejo a necessidade de contar o meu ponto de vista desse processo. Sim, todos nós crescemos.


Algumas pessoas dizem que não mas todos crescemos, e isso assusta bastante quem está no processo.


Eu mesmo estou, como diz a expressão em inglês, 'freaking out' por conta da enorme responsabilidade que tenho diante de mim e de outros que comigo convivem.


Crescer é difícil, mais do que algumas pessoas imaginam. Você tem que abandonar algumas coisas, por mais que as pessoas digam que não, você tem que abandonar.


Alguns hobbies, algumas brincadeiras, algumas coisas bobas pra você.


Algumas vezes você abandona as coisas por não ter tempo, por não ter saco ou apenas por não querer mais fazer.


Crescer dói. Dói ter responsabilidades. Dói ter que tirar seu dinheiro para pagar contas, dói ter que abrir mão dos amigos (mesmo aqueles que pisaram feio na bola com você), dói e como dói ter que se despedir daqueles que amamos.


Cada vez que alguém, uma pessoa querida, nos deixa e vai para um local que não sabemos o que tem lá nós crescemos. Crescemos cada dia com as dores. Crescer é complicado.


É confuso!!! Você tem que lhe dar com emoções que nunca havia sentindo, o medo do bicho-papão (sempre gostei dele...) dá lugar ao medo da grana não dar pra pagar as contas.


O medo do escuro dá lugar ao medo de ficar só o resto da vida. Você tem que conviver com o sentimento de não saber o que você é, ainda...

É, não é fácil se tornar Gente Grande!!!

Paulinho Almeida.
#TempodeVersos.
07.06.2.017.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017



AnaBella, vida Bella!!!
.
E o seu brilho é mais forte que os raios do sol...
Sua cor é mais Bella que a prata da lua...
.
E já aprendeu cantar mais lindo que a sabiá...
O palco é o seu lugar predileto...
E nós, fãs perpétuos...
.
Razão da graça matinal...
Empoderada de certezas...
Decidida, destemida, atrevida, entrou em nossas vidas para SEMPRE...
.
♡♡♡
.
Paulinho Almeida.
#TempodeVersos.
20.02.2.017.